MANTRA, YANTRA, TANTRA E YAGYA

A seguinte explicação, em azul, faz parte de um texto, escrito por mim e pelo meus pais, Ravindra (1946-2010) e Meeta Ravindra, sobre a Ciência dos Mantras, usados nos Workshop de Mantras que a minha mãe oferece. Este conhecimento foi obtido por eles após anos de pesquisas e do próprio ensinamento que o meu Bisavô (também astrólogo), passou para meu pai desde a sua infância, que por sua vez, passou para mim. Já a minha mãe, além de também aprender tais conhecimentos com seus pais desde sua infância e depois com meu pai, ela também aprimorou esta sabedoria em Haridwar, na Índia, onde praticou esta Ciência na sua forma autêntica em cerimônias. Com esse treinamento todo ela realiza cerimônias de casamento, batizados, aniversários e todos os tipos de cerimônias necessárias para qualquer evento da vida. 

Eu aproveito esta oportunidade para dedicar o meu Blog ao meu pai e minha mãe, que são os meus Gurus e a razão do meu conhecimento, da minha consciência. Sem eles eu não poderia estar aqui, ajudando a promover a nossa cultura, e principalmente, realizando este Seva (Serviço) à vocês.

Este texto é parte de uma obra em que estamos trabalhando em colaboração com a Dr. Rosani de Castro da Unesp, na publicação do livro “O Segredo dos Mantras”.

......Os Sábios dizem que:
Existe sofrimento;
Existem causas de sofrimento e,
Existem caminhos e métodos de evitar os sofrimentos.
(Meeta Ravindra)

Mantras

Todos os nossos atos são impulsionados nas profundezas das nossas mentes. Quando nossa mente não vibra em sintonia com o macrocosmo, do qual nós somos uma micro partícula, vibramos de maneira egocêntrica e individual. E o resultado nada mais é que o sofrimento e a dor.


Para simplificar, vamos dividir a mente em duas partes: o Consciente e o Inconsciente. A mente inconsciente é responsável pela maioria dos nossos atos, nossos instintos. Nós não agimos. 95% das nossas vidas, nós reagimos. Os dispositivos e meios para se viver razoavelmente com conforto têm limites bastante modestos, como uma casa, uma conta bancária, um emprego, um carro, etc., mas a necessidade de extrapolar estes meios está relacionada em proporção direta ao grau com que respondemos aos impulsos da sociedade. Reagimos aos impulsos do meio ambiente, sociedade, etc., onde vivemos. Quando não alcançamos as expectativas sofremos por causa do apego que temos para com os resultados dos nossos atos. Estas frustrações geram desvios psíquicos dando origem a todos os tipos de sofrimentos.


O único caminho para evitar a dor é ampliar a consciência. Seja através da astrologia, meditação, psicanálise ou qualquer outro método.


A prática dos Mantras é o meio de ampliar a consciência a fim de restabelecer o sincronismo entre o microcosmo e o macrocosmo. Como uma gota d'água perdida que se encontra com o oceano, ela adquire o potencial e o poder do oceano; da mesma forma, o ser humano se funde ao onipotente e também se torna onipotente.


Este processo, dependendo da evolução espiritual de cada um, pode durar anos ou até vidas. Mas cada passo dado na direção correta proporciona a ampliação da consciência.


Um Mantra é a representação energética ou sonora de uma entidade. O Mantra, Yantra e Tantra são complementos um do outro e em uma união (Yoga) se formam um meio de estabelecer a sincronicidade com uma entidade divina. O Yantra é a imagem pictorial da entidade e o Tantra é a conduta e disciplina que se deve seguir. (Tantra não tem nada haver com o sexo. A definição do Tantra foi totalmente deteriorada).


Yantra


O Mantra é uma forma mais sutil de representação da divindade, é uma percepção, um conhecimento que não pode ser expresso em palavras. Estes são praticados para receber o auxílio divino de qualquer natureza, seja de ordem física, espiritual, material ou psíquica. Entretanto, o Yantra tem um som, um tato e uma forma. Um Yantra consagrado tem vibrações, porém não está dentro do alcance dos nossos ouvidos, mas isso é indiferente. Um Yantra sempre emite energia como uma imagem de uma deidade. Uma oração simbólica ou sem emissão de um som dentro dos nossos parâmetros auditivos, também tem efeito.

Shree Yantra
Mantra Pessoal


Existem diversos Mantras de diversas entidades, como Ganesh, Shiva, Laxmi, etc. Um Mantra pode ser coletivo ou pessoal. Como um templo é coletivo, o altar da sua casa é pessoal. A diferença está no PRANPRATISHTHA ou Consagração do Mantra. O efeito de um Mantra coletivo e pessoal é como um guarda pessoal que oferece melhor proteção para você do que um guarda para a vila inteira, assim, um Mantra pessoal oferece melhores resultados. O Mantra pessoal serve exclusivamente à pessoa a quem tal Mantra é indicado e especificamente para o propósito para o qual foi requerido; ex: dinheiro, sorte, amor, educação, saúde, etc.


A consagração serve para trazer a energia da tal entidade para o objeto definido. Por exemplo, as imagens dos deuses que vemos nos templos são geralmente feitas de pedra, somente depois da consagração é que essas pedras moldadas passam a ter os poderes da entidade em questão. Da mesma forma um Mantra não passa de um simples conjunto de palavras e um Yantra, de uma placa de cobre. Eles começam a ter poderes somente após a consagração.


Um Mantra coletivo ou genérico como GAYATRI, MAHAMRATYUNJAYA, OM NAMAH SHIVAYA, entre outros, já são consagrados e estão prontos para praticar. Mas os Mantras pessoais necessitam de uma consagração que deve ser feita por um especialista no assunto, (neste caso, por Meeta Ravindra). Por experiência, estes Mantras pessoais dão resultados rápidos.


A escolha de um Mantra próprio e pessoal envolve vários fatores, como a disposição psíquica e principalmente, a disposição astrológica da pessoa, que é feita através da sinastria entre o Mantra e a pessoa. Somente um Mantra corretamente escolhido pode proporcionar o efeito desejado.


Os principais pontos para analisar a sinastria são os seguintes:


a) Kulakul Chakra: verificação da origem da entidade e da pessoa.


b) Rashi Chakra: correspondência entre o signo do Mantra e a pessoa.


c) Naxatra Chakra: o posicionamento dos nakshatras (constelações) da pessoa no momento do nascimento.


d) Akadam Chakra e Akthah Chakra: determinam até que grau pode ser esperado ou alcançado o sucesso com a prática.


e) Rini Dhani Chakra: determina o tempo para sucesso.

Tantra

Já o Tantra é simplesmente um sistema ou um determinado conjunto de ações que são executadas em uma ordem específica para obter um resultado específico.

"Tan" em sânscrito significa corpo que é derivado dos cinco elementos, e "tra" significa dominar, então o tantra seria dominar o corpo e extensivamente domínio sobre os cinco elementos.

Tantra é uma palavra que é comumente confundida com o sexo, ou o obsceno. Mas a definição do Tantra não é essa. Eu vou explicar o significado através dos seguintes exemplos; a concepção de uma criança é um Tantra que envolve a fertilização de um óvulo dentro de um corpo feminino por um espermatozóide que fertiliza o óvulo e assim começa o processo de reprodução. Da mesma forma, depositar dinheiro em um banco, cozinhar, lavar louça, dirigir um carro, comprar um bilhete de cinema, etc.. todas estas ações, incluem um sistema fixo para obter os resultados desejados. Os astrólogos também fazem uso de Tantras para obter benefícios específicos para uma determinada pessoa, fazendo um conjunto específico de ações. Os Tantras e Yantras são técnicas bastante utilizadas no dia-a-dia de todos nós (como radiestesia, reiki, etc.), enquanto os horizontes das técnicas dos Mantras ainda continuam sendo investigadas pela ciência moderna.

Porém, um astrólogo competente sabe a importância e os princípios do trabalho por trás dessas técnicas e sabe como usar-las de forma eficaz para obter os resultados desejados dos seus clientes. Pedras preciosas e outros dispositivos, como Sidh Yantras, caem na categoria dos Yantras e fazem o seu trabalho ou efeito, automaticamente, uma vez que são usados corretamente no corpo. Por outro lado, existem as medidas corretivas de um mapa natal que são comuns, como doações de caridade para pessoas necessitadas ou orfanatos, asilos, etc., que devem ser feitas em um determinado dia e hora, estes são todos Tantras e eles definitivamente funcionam se o astrólogo sabe os códigos exatos do Tantra para tal retificação no seu mapa natal. Complicado? Ok, então vamos considerar o seguinte exemplo. Suponha que você queira pegar um vôo no Sábado para uma outra cidade. Só que você vai a um banco ou um hospital naquele Sábado, no momento do embarque. O que vai acontecer? É óbvio que você vai perder o vôo, pois, para pegar o vôo você deveria ir ao o aeroporto e não a um banco ou hospital. Agora, vamos supor que você deve pegar o mesmo vôo do exemplo anterior, naquele mesmo sábado, só que ao invés de você ir ao aeroporto no Sábado, você vai na Sexta ou no Domingo. Você não vai embarcar de jeito nenhum! Da mesma forma, as soluções astrológicas funcionam melhor quando elas são feitas dentro de um Tantra fixo que apenas um astrólogo sabe o que e como aconselhar. Como um médico sabe qual o medicamento deve ser prescrito para uma determinada doença e qual o horário e dias que deve ser tomado, da mesma forma, o astrólogo competente calcula tais recursos para você.

Eu gostaria de mencionar uma coisa muito importante, nunca subestime o poder dos Mantras. A recitação do Mantra correto para devida finalidade é uma técnica muito poderosa e pode trazer grandes efeitos que os Yantras e Tantras podem não trazer. Porque? Quando você discar um número no seu telefone celular para falar com alguém, um conjunto específico de vibrações ou ondas é enviado para um satélite ou uma torre de celular que reconhece tais vibrações e, conseqüentemente, os encaminha para aquele celular específico que é o único capaz de receber aquelas vibrações, ondas ou códigos enviados pelo seu celular (Se eu discar o seu número, você vai ser o único que receberá a minha ligação. A Maria, ou o José não receberão a minha ligação, mesmo que você esteja do lado deles). Enfim, você se conecta e conversa enquanto ondas e vibrações são enviadas constantemente. O mesmo é o caso com Mantras, quando você recita um Mantra específico em um ritmo específico, em um tom específico (muito importante), é você emite ondas e vibrações com um código fixo, que em seguida, estas vibrações e ondas localizam e chegam ao titular do código e você se comunica com Ele e tenta obter o resultado desejado. Entendeu agora? Por isso, não subestime o poder dos Mantras.

Este é um novo estágio muito avançado da ciência que pode soar muito estranho para alguns cientistas e muitos nem acreditam nestes poderes. Estes cientistas nem querem imaginar que qualquer comunicação pode ser feita com os planetas, estrelas, constelações e outros corpos celestes com a ajuda de Mantras. Mas pensando bem, 50 anos atrás, quem teria imaginado sobre a possibilidade de telefones celulares, Internet, comunicação sem fio, por satélite e tudo mais. Por isso, é só uma questão de tempo. O que hoje parece impossível e ilógico é muito possível e lógico no futuro. Este sempre foi o caso na história da Humanidade. Assim, um determinado conjunto de palavras, o mantra, é prescrito para ser recitado em um ritmo e tom específico em um número fixo de vezes por dia para obter o resultado desejado do planeta que possui o código desse Mantra. Os Yantras e Tantras aumentam os efeitos das vibrações para tal resultado.
Agora, existem casos onde os planetas estão em posições muitíssimo negativas que o poder dos Mantras, Yantras e Tantra não são suficientes para retificá-los. Isto depende do Karma da pessoa. Karma é um assunto que discutirei numa outra postagem em breve. Mas tais mapas com estas condições muito maléficas podem ser retificadas com Yagyas – Cerimônia de Fogo. Os Yagyas queimam Karmas dependendo da gravidade deles. Nas palavras dos meus pais:

Yagyas
 
Tradicionalmente esta cerimônia védica, no âmbito cultural Hindu, é realizada desde tempos remotos. Os procedimentos são desenvolvidos pelos sábios através de longas pesquisas, experimentos e conhecimento divino. O propósito principal é direcionar as energias cósmicas que sempre estão à disposição para diversas finalidades como, purificar o ambiente, lar, a própria psique dos participantes e remediar aspectos maléficos de um mapa natal. O efeito do Yagya não está restrito para o local onde está sendo realizado, mas supera as barreiras do espaço e assim, pode ser sentido por pessoas ausentes durante a cerimônia.

Durante o processo de Yagya as energias cósmicas são invocadas através dos mantras e estas orações coletivas produzem efeitos benéficos. Um direcionamento correto pode traduzir estes efeitos no amor fraterno, cooperativismo e amizade no sentido amplo, inclusive com os planetas. O Yagya tem o efeito que amplia a consciência e eleva o pensamento das pessoas além dos desejos egocêntricos, proporcionando uma visão ampla que resulta numa mudança de comportamento para bem estar próprio e da coletividade.

Ao pronunciar os mantras, estes são oferecidas ao fogo com pequenas oferendas preparadas com grãos, frutas secas, manteiga, elementos para purificar o ambiente, etc. Além de representar o sacrifício ou renuncia das coisas favoritas estas oferendas tem um efeito amplo quando são difundidas no ambiente através da fumaça.

Antigamente os Rishis (sábios) que viviam isolados, realizavam Yagya diariamente para promover a paz, a fraternidade e a benevolência na sociedade. Dentro da comunidade todos os eventos individuais como nascimento, dar nome ao recém nascido, primeira alimentação, começo de estudos, graduação, casamento, compra de imóvel, morte, etc. e os eventos coletivos como festas religiosas e sociais, são motivo para fazer o Yagya. O propósito é para que a vida de tal evento seja próspera.

A minha mãe realiza estes Yagyas com fins astrológicos freqüentemente, quando não está fazendo casamentos ou batizados, etc. :).





Namastê
~ Shakti


APOSTILA - O SEGREDO DOS MANTRAS DE MEETA RAVINDRA

 


Todos os mantras contidos nesta apostila podem ser encontrados no Cd "Mantras-Sons Cósmicos".


Durante as aulas ministradas muitos alunos sentiram a necessidade de decorar os mantras e fizeram um pedido à Meeta, que ela gravasse um CD com os mantras recitados nas aula, para que os alunos adquirissem prática de recitá-los. Foi nesse momento que o Cd "Mantras - sons cósmicos" teve sua gênese.

Índice

1 A Origem Do Universo
1.1 Brahman
1.2 Bindu Visphot – O Big Bang
1.3 Brahma – O Criador
1.4 Vishnu – O Preservador
1.5 Shiva – O Transmutador
1.6 Os Ciclos Do Tempo
1.7 O Espectro Eletromágnetico
2 Cosmos
2.1 Os Elementos
2.2 Macrocosmo E Microcosmo
2.3 Evolução Do Microcosmo
3 Os Mantras
3.1 A Origem
3.2 A Finalidade E Uso
3.3 Características
3.4 Mantras Genéricos E Pessoais
3.5 Consagração Do Mantra
3.6 Prática Dos Mantras
3.6.1 Mantra Siddhi
3.6.2 Mantra Japa
3.6.3 A Pronúncia
3.6.4 O Significado Do Mantra
3.6.5 O Local
3.6.6 Assento
3.6.7 Asan (A Postura)
3.6.8 Alimentação
3.6.9 Viniyog (Apropriação)
3.6.10 Dhyan Mantra
3.7 Um Mantra Pessoal
3.8 Alguns Mantras E Efeitos
3.8.1 Bij Mantra (Mantra Semente) E Pranava
3.8.2 Om Ou Aum
3.8.3 Gayatri Mantra
3.8.4 Shiva Mantras
3.8.5 Jain Mantras
3.8.6 Bíja Mantras Dos Chakras
4 Centros De Energia
4.1 Descrição Geral
4.1.1 Muladhar Chakra – Básico
4.1.2 Swadhishthan Chakra – Sacro
4.1.3 Manipur Chakra –Plexo Solar
4.1.4 Anahat Chakra – Cárdiaco
4.1.5 Vishuddha Chakra –Laríngeo
4.1.6 Agya Chakra – Terceiro Olho
4.1.7 Sahasrar Chakra – Coronário
4.2 Atributos
4.3 Análise Do Funcionamento
4.4 Harmonização
4.4.1 Correspôndencia Dos Chakras Com As Notas Musicais
4.4.2 Correspôndencia Dos Chakras Com Mãos E Pês
5 Yagya (Cerimônia do Fogo)
5.1 Procedimento Do Yagya
6 Mantras

Para obter informações de como adquirir a apostila e/ou os cd's da Meeta Ravindra, por favor entre em contato com Sagar - sagar@meetaravindra.com