Monday, April 22, 2019

Um pouco de Física Quântica, Vedanta e Jyotish



O Ego (Rishi) surge da mente. O Ego deseja aquilo que percebe que falta (não conhecido). Isto inicia o processo de conhecimento (Devta) que surge no intelecto. O conhecido (Chandas) é então “inventariado” na mente como memória, e é a partir dessas memórias armazenadas que os desejos do Ego surgem novamente. Um ciclo.

Rishi (Eu sou, Ego) é o conhecedor e é regido pelo Sol. Devta (Intelecto) é o processo de conhecer e é regido por Mercúrio. Chandas (Mente) é o conhecido e é regido pela Lua.

Rishi é o conhecedor ou Ego do Jiva (Observador). Cada um de nós percebe esse aspecto conhecedor de nós mesmos. É esse aspecto que identificamos como o nosso Eu.

Agora PRESTA ATENÇÃO:

👉🏼👉🏼👉🏼 Rishi é um PONTO DE VISTA do Universo que é EXCLUSIVAMENTE PESSOAL, como uma janela através da qual o indivíduo PERCEBE o mundo.

ॐ Leia a frase acima novamente ॐ

O Rishi é o foco da astrologia ocidental. Não é o da Astrologia Védica.

NO JYOTISH (Astrologia Védica), O FOCO É O JIVA.

Devta é o intelecto ou habilidade de discriminação que liga o conhecedor ao conhecido e completa o circuito que dá origem ao conhecimento.

Chandas: No processo do auto descobrimento, o Rishi se torna Devta e o Devta se torna Chandas e Chandas é o novo conhecimento, que é o novo Rishi. O novo Rishi é diferente do Rishi original por causa da assimilação do conhecimento.

Esse ciclo faz parte da Física deste Universo. É o Maya. É o Karma. Faz parte da Natureza e não tem como escapar.

O Jyotish mostra a natureza deste ciclo no teu Mapa Natal. Esse conhecimento é fundamental para que se haja evolução do Rishi. Assim, você pode usar a “Ilusão do Livre Arbítrio” ao seu favor, escolhendo um ponto de vista que te apoia, e não aquele que te drena até a última gota de sanidade que te resta.

O Vedanta ensina a ver o conhecedor e o observador. Essa distinção não vem somente através da meditação. Ela vem através do Karma, da tua ação AQUI E AGORA.

Hari ॐ,
~ Shakti
shakti@vedanta.life